Make your own free website on Tripod.com

Reflexão num Grupo Cristão

 

Uma necessidade...

Quase todos, senão todos os homens (pelo menos em algum momento da sua vida) procuram um sentido para a vida. Encontrá-lo ou não é já outra questão! Nós, os cristãos, encontramo-lo em Jesus Cristo.

Sendo o objectivo último de qualquer catequese (o grupo de jovens também deveria estar integrado num itinerário catequético) a adesão a Jesus, está não se pode ser apenas de "coração" mas também de "razão". No final do processo o jovem terá que saber "dar razões da sua fé".

O método

Nos últimos anos, em especial depois do Concílio Vaticano II, o método-modelo proposto pela Igreja é um método catecumenal (ou de inspiração catecumenal).

Ponto de partida: a Experiência (partindo da realidade...)

É inútil dar uma resposta quando não há uma pergunta. A Mensagem Cristã (o Evangelho) é, antes de mais, uma resposta às questões do homem, que precisa de se sentir salvo. Mas, se em vez de questões há indiferença a Mensagem "resvala" para o intelectualismo.

Três grandes dimensões da experiência:

·         a do homem que busca o sentido para a sua vida

·         a dos grandes testemunhos bíblicos

·         a da vivência cristã ao longo da história

Tomar conhecimento da experiência humana que está por detrás do tema que estamos a tratar. Se queremos falar sobre os valores cristãos, por exemplo a liberdade, podemos fazer um levantamento das escravidões a que cada um está sujeito, as escravidões da nossa sociedade (consumismo, ambição...)

Lugar de referência: a Palavra de Deus (iluminação, aprofundamento...)

Somos chamados a realizar um caminho de conversão, a entrar no Reino de Deus e a participar nas comunidades de seguidores de Jesus. A Palavra é a iluminação da experiência humana, em ordem a uma mudança...

No mesmo tema podemos falar apresentar a experiência de escravidão de Israel no Egipto, o conceito de liberdade para Jesus...

Meta: a Confissão da Fé (compromisso e celebração...)

Não haverá verdadeira catequese se não houver consequências para a vida. O grupo e cada um tem que retirar as devidas "conclusões" da reflexão feita em grupo: compromisso de mudança...

Cada um pode comprometer-se a libertar-se de alguma coisa que o escraviza (televisão, tabaco, ideias... O grupo podia fazer um "Manifesto da Escravidão": denúncia profética das escravidões da nossa sociedade.

A Fé também tem que ser celebrada. Razões para a celebração: descobertas, compromisso de mudança...

Podemos concluir o tema com uma Oração mais prolongada onde se pode ler o Manifesto.... Ou então podemos fazer uma celebração penitencial, Eucaristia...

Algumas notas

·         Estas "partes" devem estar presentes em cada tema (mesmo que se dê mais importância a alguma delas, dependendo da idade, do tema...)

·         Este "itinerário" pode ser feito numa reunião ou em várias (por exemplo uma em cada reunião)

·         A reflexão pode e deve ser preparada por todos: mesmo que sejam alguns a "orientar" a reunião, se houver algum documento ou texto para ler, perguntas para ajudar ao diálogo, isso pode ser feito em casa, distribuindo previamente o material...

·         Uma boa sugestão de um itinerário: Jovens Com Jesus Cristo às Portas do Terceiro Milénio de Adérito Barbosa.


© Equipa Arciprestal da Pastoral Juvenil de Barcelos
eapjb@geocities.com

1